TopTripBlog

Emaar Downtown Dubai renomeia avenida

Postado por: raquel em 27/dez/2012 | Sem Comentários

A rua principal que atravessa Downtown Dubai foi renomeada como: “Sheikh Mohammed Bin Rashid Boulevard” pela Emaar.

A nomeação da rota que possui atrações emblemáticas como Burj Khalifa e o Dubai Mall, deu-se em homenagem ao governante de Dubai.

A rua de 3,5 km de comprimento, anteriormente chamada Emaar Boulevard, conecta tudo o que se tem de melhor naquela area.

Downtown Dubai acolheu mais visitantes no ano passado do que Nova York (51 milhões) e Los Angeles (27 milhões) (IMPRESSIONANTE!!!!!!!!!!)

Mohamed Alabbar, presidente da Emaar Properties, disse: “Ao renomear a Emaar Boulevard como Sheikh Mohammed Bin Rashid Boulevard estamos fazendo uma homenagem à visão de Sua Alteza Sheikh Mohammed Bin Rashid Al Maktoum, que é a força propulsora da transformação da cidade no mais novo centro mundial de hospitalidade, turismo, lojas de varejo e comércio. ”

Com um valor de desenvolvimento de US $ 20 bilhões, e area de  500 acres,  Downtown Dubai foi lançado em 2004.

 

OBS.: Ele merece! Ele merece!! :D

Inagura o Dubai Mall LINK para o metro

Postado por: raquel em 25/dez/2012 | Sem Comentários

Um link novo metrô ligando Dubai Mall com a estação Burj Khalifa  foi aberta ao público no dia 25 de dezembro de 2012.

A  ponte de ar-condicionado de 828 metros irá fornecer acesso a pé ao shopping (da estação de metro) com 10 esteiras rolantes – sendo que cada uma tem entre 70 a 120 metros de comprimento e 1,4 metros de largura.

Os visitantes poderão entrar The Dubai Mall, através do link novo do metrô, numa nova area que logo mais tera suas lojas inauguradas.

A conexão direta com o metrô de Dubai, que é agora um dos mais populares meios de transporte público na cidade, vai ajudar na redução do tráfego de veículos, e facilitar a vida dos visitantes.

A ligação de metrô tem capacidade par comportar mais de 13.500 pessoas/hora e é projetada em vidro, com base em estilos tradicionais arquitetura árabe, permitindo uma vista espectacular sobre Downtown Dubai, incluindo o Burj Khalifa, o edifício mais alto do mundo. A fachada de estilo ‘Mashrabia’ e iluminação colorida irá complementar a arquitetura existente no local.

Abrindo a tempo para as comemorações de Ano Novo, o link vai adicionar conveniência aos visitantes de Downtown Dubai, local onde tera uma super festa de fim de ano, com espetacular queima de fogos!

 

Estao dizendo que o Transatlantico Queen Elizabeth 2, que pertence a Dubai, sera vendido a uma empresa de Sucata da China

Postado por: raquel em 24/dez/2012 | Sem Comentários

Em julho, o proprietário Istithmar disse que pretendia relançar o QE2 como um hotel de luxo flutuante com 300 quartos.

O navio 293m de comprimento foi comprado da Cunard por cerca de US $ 100 milhões em junho de 2007 pela empresa de investimento com sede em Dubai.

Roger Murray do QE2 Londres, disse ao jornal: “Foi-nos dito que o navio vai ser colocado em uma doca seca antes de ser levado para um destino desconhecido no Extremo Oriente.Isso é uma tragédia, porque quase certamente significa que o QE2 está sendo vendido como sucata. Nossos investidores iam dar 20 milhões de libras pelo  navio, mais R $ 60 milhões para reforma e o custo de trazer o navio de volta à Grã-Bretanha.

O QE2 foi inaugurado em 1969 pela rainha Elizabeth, fazendo a sua viagem inaugural de Southampton para Nova York. Ele foi operado há cerca de 30 anos pela Cunard, e foi usado para transportar tropas para o Atlântico Sul durante a Guerra das Malvinas.

Foi aposentado em 2008 e fez sua última viagem a Dubai esse ano.

P.S.: Tomara que nao o vendam, pois eh um icone tao maravilhoso, que seria um pecado imenso virar sucata! Vamos ficar na torcida!!

 

Dubai Mall foi considerado o lugar mais visitado do MUNDO em 2011

Postado por: raquel em 06/jan/2012 | Sem Comentários

O Dubai Mall foi o destino de compras e lazer mais visitado do mundo, acolhendo mais de 54 milhões de visitantes em 2011, segundo informações oficiais.

O número de clientes no ano passado representou um aumento de cerca de 15 % sobre os 47 milhões de visitantes em 2010.

Os números também superam número de visitantes para todos os destinos de lazer e parques temáticos no mundo, incluindo Times Square (39,2 milhões); Central Park (38 milhões); e Niagara Falls (22,5 milhões), entre outros.

O número de visitantes ao The Dubai Mall é maior do que o número de turistas anuais para Nova York em 2011, que registrou 50,2 milhões.

As vendas no varejo em todo o vários estabelecimentos no centro comercial também registraram crescimento médio de cerca de 35% em comparação com 2010…

Espiao – altas emocoes

Postado por: raquel em 30/nov/2011 | Sem Comentários

Como Missão Impossível ja esta quase entrando em cartaz nos cinemas de todo o mundo, Myra Philp expõe as táticas de filmagens e a coragem e audacia de Tom Cruise.

O filme “Missao Impossivel 4″, recheado de adrenalina, sera lancado em primeira mao em Dubai na próxima semana, devido ao fato de o mesmo ter sido filmado, em grande parte, aqui…e a expectativa com relacao as imagens de Dubai é muito grande.

As  ousadas cenas filmadas aqui, tem sido descritas como “únicas e assustadoras”.

Pelo fato de o ator Tom Cruise e os produtores Bryan Burk e Brad Bird terem acompanhado o icônico Burj Khalifa sendo construído e eles queriam inclui-lo no próximo filme da serie ‘Missão Impossível’.

Burk disse: “Quando você chegar em Dubai, é apenas impressionante. É uma cidade do século 21 incrível que, literalmente, apenas surge em pleno deserto, como que por passe de magica. “Bird assinalou que ainda que MI4 será o primeiro filme a apresentar-se verdadeiramente em Dubai.  Filmes anteriores usaram a cidade como pano de fundo – mas não fazia parte do enredo e tambem tinham muitas “cenas” que nao eram fisicamente filmadas aqui.

Em 2009 Burk com sua equipe, estavam viajando o mundo para promover a ‘Star Trek’ e numa parada rapida em Dubai (estavam em rota para o Kuwait) ele se impressionou, determinou que o proximo filme deveria ser filmado aqui e disse: “Temos que voltar aqui e fazer um filme’.”

“Tom Cruise adorou a idéia.” No filme, o agente especial Ethan Hunt tem que escalar o exterior do Burj para chegar a um piso superior área de controle de segurança sem ser visto. Depois de meses de ensaio e treinamento, Cruise foi colocado em um arnês que foi anexado a um sistema de ‘fio de piano’ intrincados.

Durante a manobra surpreendente, Ethan deixa cair uma ferramenta, perde o controle e cai de 10m antes de pegar a si mesmo.

Tom tinha que sofrer uma queda livre por 4 andares…ele o fez pessoalmente, dispensando qualquer duble….Ele o fez e disse que estava disposto a faze-lo de novo!!

A programacao inicial era de filmaram por somente 2 dias na torre, mas Tom Cruise conseguiu identificar varias outras possiblidades de continuar filmando por ali ao inves de fazer as mesmas cenas em estudio, e a programacao acabou se entende por mais 2 dias.

(…) ‘Missão Impossível – Protocolo Fantasma “vai abrir o Dubai Film Festival 2011 em 7 de dezembro.

Dubai oferece melhor padrão de vida para expatriados nos Paises do GolfoGCC

Postado por: raquel em 29/nov/2011 | Sem Comentários

Dubai oferece a melhor qualidade de vida para trabalhadores expatriados, entre os seis Estados do CCG, de acordo com um relatório da Mercer rankeando 220 cidades ao redor do mundo.

Dubai tomou o lugar nº74 na lista, seguida por Abu Dhabi no nº 78, e Muscat e em Doha respectivamente como nºs 101 e 106. Bahrain ficou como nº113, seguido pelo Kuwait City com nº 120. A capital saudita, Riad, subiu no ranking e ficou no nº 157….

O milagre no deserto, EAU 40 anos!!! 02/12 /2011

Postado por: raquel em 28/nov/2011 | Sem Comentários

Emirados Árabes Unidos, o país árabe que transforma jovens de 40 anos, continua a ser um exemplo para outros países da região – e do mundo.
Como os Emirados Árabes Unidos comemora seu aniversário de 40 anos, é um momento de orgulho não apenas para o povo desta nação jovem. Tornou-se uma espécie de inspiração para toda a região do Golfo e no mundo árabe.

Talvez nenhum país na história tenha realizado e conseguido tanto em tão pouco tempo.

O Pais oferece muito conforto e segurança que oferece os Emirados Árabes Unidos, juntamente com a infra-estrutura de classe mundial.

No entanto, quando a sua estoria começou em 2 de dezembro de 1971 – há 40 anos – nada disso existia. Os Emiratis nao tinham muito com o que contar, mas tinha uma crença inabalável em si mesmos.

Até então, os sete shaikhdoms de Abu Dhabi, Dubai, Sharjah, Ras Al Khaimah, Fujairah, Ajman e Umm Al Quwain estavam sob a sombra dos britânicos e eram conhecidos como os Estados da Trégua. Reuni-los para formar um novo país e nação foi realmente uma façanha hercúlea. Mas o mais notável foi, de longe, o sucesso e o progresso alcançado após o surgimento da federação.

Sem sombra de dúvida, foi a visão e a liderança dos “arquitetos da federação” – o presidente-fundador, Shaikh Zayed Bin Sultan Al Nahyan, de Abu Dhabi, e o primeiro-ministro primeiro, vice-presidente xeique Rashid Bin Saeed Al Maktoum de Dubai – que tornou isso tudo possível. Eles transformaram o que  não era mais do que um punhado de aldeias de pescadores e postos de comércio no deserto em um país próspero, pacífico e moderno, que hoje goza de influência geopolítica extraordinária, seu tamanho minúsculo e pequena população, não obstante.

Espírito de colaboração

Eles demonstraram ao mundo o poder da unidade em ação. Hoje, o PIB dos Emirados Árabes Unidos e a renda per capita estão em pé de igualdade com os países mais ricos do Ocidente. Se alguma vez houve um milagre no deserto, esse foi um deles!!!

Foi sua política previdente e, juntamente com a sua preocupação e amor por seu povo, que fez os Emirados Árabes Unidos que é hoje. É esse espírito de colaboração que permitiu ao país de permanecer inalterado em uma região conturbada.

Enquanto as pessoas em outras partes do Oriente Médio têm sido desejo de princípios como a dignidade, direitos e liberdade política e econômica, o Emiratis têm vindo a desempenhar um papel decisivo no desenvolvimento e progresso de sua nação.

É essa harmonia política e tolerância que têm atraído profissionais de classe mundial em todo o mundo, tornando os Emirados Árabes Unidos um caldeirão multicultural verdadeiramente uma nação e, sem dúvida, um dos melhores lugares na terra para trabalhar .

Esta marcha constante de progresso continuou sob a liderança atual do Presidente, Sua Alteza Sheikh Khalifa Bin Zayed Al Nahyan e Sua Alteza Shaikh Mohammad Bin Rashid Al Maktoum, Vice-Presidente e Primeiro Ministro dos EAU e Governante de Dubai. Esta segunda geração de liderança manteve-se fiel à visão do primeiro: investir em infra-estrutura e nas pessoas.

Enquanto apaixonadamente defendendo causas árabes e muçulmanos, o país saiu de seu caminho para manter relações amigáveis com todos na região e além.

Isso, novamente, é um legado de Shaikh Zayed, que, ao lado de meu país, a Arábia Saudita, teve uma abordagem pró-ativa para questoes árabe-muculmanas, nomeadamente a expropriação palestina, a unidade árabe e islâmico, e estendendo a mão aos povos do Afeganistão e nos Balcãs quando enfrentaram a agressão e opressão.

Os Emirados Árabes Unidos estiveram sempre com os palestinos, ajudando-os economicamente, politicamente e emocionalmente. Foi Shaikh Zayed que se juntou com o falecido rei Faisal da Arábia Saudita, quando ele deu o passo extraordinário de desligar o fornecimento de petróleo em protesto contra a agressão israelense. Foi uma jogada corajosa perante os desafios que os árabes enfrentaram na época.

O que mais me anima é preocupação constante dos Emirados Árabes Unidos para a unidade árabe e muculmana. Seja sobre a questão da Palestina ou as guerras no Iraque e no Afeganistão, o país sempre esteve lá, tentando o seu melhor para resolver conflitos e promover a paz. A mesma abordagem foi seguida nas suas relações com seus vizinhos, saindo de seu caminho para resolver questões de forma pacífica e amigavelmente.

A disputa com o Irã sobre a questão das três ilhas – o Tunbs Maior e Menor e Abu Mousa – continua ainda viva.

Apesar das repetidas provocações iranianas, os Emirados Árabes Unidos continuam a manter contenção notável e relações normais com Teerã.

Como este milagre no deserto faz 40 anos de idade, a audácia de sua visão continua de tirar o fôlego. Parece não haver limite para as suas ambições e planos. O futuro parece nos reservar algo ainda  melhor!!

Com seu otimismo exuberante, os Emirados Árabes Unidos serve como um exemplo brilhante para outros países da região e para mais longe. Isso demonstra que os sonhos, mesmo o impossível, podem se tornar realidade – desde que você realmente acreditar neles e trabalhar para torná-los realidade.

Feliz aniversário UAE!

Conceito de Ilha flutuante desenvolvido para o “The World” em Dubai

Postado por: raquel em 10/out/2011 | Sem Comentários

Um empreendimento com sede em Dubai desenvolveu um conceito ilha-flutuante que se diz que poderia responder às necessidades dos proprietários de ilhas no The World (O Mundo), um projeto da Nakheel.

A Ilha Flutuante chamada “OME”, deu-se atraves da “Atoll Floating Island” uma joint venture entre as empresas Palmerstone (design) e Starkey Donald (maquetes).

” OME” sera  ” uma casa flutuante em uma estrutura tipo monocoque, que é projetado para ser manobrada entre a costa de Dubai e as ilhas do “Mundo”.

A primeira estará disponível com um diâmetro de 32m, compreendendo uma  plataforma superior e outra inferior, contará com cinco quartos, grandes áreas de estar  e uma piscina (de agua do mar)  de 10 m de diamentro na parte central da “ilha” e agua do mar central de água do mar diâmetro 10m piscina e tera uma area util de  mais de 1.400 metros quadrados.

Cada “ilha” sera  será auto-sustentável, com energia, água e gestão de resíduos incluídos como parte do projeto total.
Também terá células fotovoltaicas no telhado, o que permitirá a propriedade de ser completamente auto-alimentada – seria capaz de produzir energia suficiente para abastecer seis famílias numerosas, cerca de 30.000 kW de energia renovável.

Serviço de reboque e de apoio para mover a  “Ome “será fornecido por uma empresa de gestão de instalações

Prevê-se que as “Omes” serao construídas no continente de Dubai, mas o projeto é aplicável a praticamente qualquer local do litoral, ea empresa está considerando a possibilidade de compilações em Abu Dhabi, Qatar e outra ilha ou locais remotos ao redor do globo.

Graham Henderson, proprietário da Palmerstone e o desenvolvedor do “Ome, disse que estimava-se que cada” Ome levará cerca de 22 meses para ser finalizada e entregue.

“Os custos estão previstos para serem inferiores aos para construir um iate de tamanho comparável”… (…)

Nova mesquita atrae 2.000 fieis no dia em que abre suas portas

Postado por: raquel em 30/jul/2011 | Sem Comentários

Mais de 2.000 homens, mulheres e crianças lotaram a mais nova mesquita da cidade (Farooq Omar ibn Al Khattab Mesquita), na 1ª sexta-feira de orações Farooq Dubai, Omar Al Ibn Al Khattab Mesquita

O centro da mesquita islâmica foi oficialmente inaugurado ontem na presença de fiéis e dignitários.

“A mesquita não é apenas um lugar de oração e de adoração”, disse o Dr. Omar Mohammad Khateeb, o vice-diretor do departamento de Assuntos Islâmicos e Atividades de Caridade em Dubai. “Esta mesquita tem 100% da funcionalidade esperada de uma mesquita, incluindo salas de aula, salas de leitura e uma biblioteca.”

Financiada pelo empresário Khalaf Al Habtoor é uma das maiores mesquitas do Emirados Árabes Unidos.

A nicho principal da mesquita e as abóbadas sao decorados com versículos do Alcorão e caligrafia islâmica projetada por uma equipe de artesãos de Marrocos.

Segundo o designer da mesquita, Mohammad Anwar, as inscrições de estilo otomano utilizadas foram inspiradas na Mesquita Azul de Istambul, ao qual foi adicionado um “toque andaluz”.

“Arte andaluza é uma arte islâmica e do património humano que deve ser preservada, estas inscrições foram esculpidas à mão por artesãos da cidade de Fez, no Marrocos, que é a fortaleza do património andaluz”, disse ele.

“O design da mesquita foi definido em projeto em dois meses e implementado em 10″, disse ele.

A mesquita é a  3ª do País a abrir as suas portas aos não-muçulmanos após a Mesquita Sheikh Zayed Grande em Abu Dhabi e a Mesquita de Jumeirah.

“Nossa missão é promover ao público a compaixão clemência e tolerância do Islã com foco em direitos humanos e cultura árabe e do património”, disse Abdel Malek Abdel Khalek, gerente do Centro Islâmico da Mesquita.

Emirados Arabes divulga horarios de funcionamento de orgaos publicos e setores privados para o mês do Ramadã’2011

Postado por: raquel em 27/jul/2011 | Sem Comentários

Os departamentos publicos e ministérios do Pais terão suas jornadas de trabalho reduzidas para o período das 9h até duas horas durante o mês sagrado do Ramadã.

Ja no setor privado o turno será reduzido de oito para seis horas durante todo o mês sagrado do Ramadã, sem afetar os salários dos funcionários.
O conhecido astrônomo, Ebrahim al-Jarwan, previu que o mês sagrado do Ramadan terá início em 01 de agosto e vai durar 30 dias.

De acordo sua previsao, o  ”Hilal ‘do Ramadã (lua crescente) se dará no dia 30 de julho as 21 horas e 23 minutos. “Nos Emirados Árabes Unidos vai ser difícil para a visão da lua, mas com certeza, Ramadan terá início em 01 de agosto”, disse Al Jarwan.

“O mês de jejum acontece do amanhecer ao anoitecer para os muçulmanos, vai durar 30 dias este ano. Isto significa que o Eid Al Fitr será em 31 de agosto”.

Durante o Ramadã, os muçulmanos se abstêm de comida, bebida e prazeres sensuais de pouco antes do nascer do sol ate o por do sol e são obrigados a se concentrar em seu relacionamento com Deus.

Copyright 2012 TopTripDubai. Todos os direitos reservados.

Custom by Raphamaster